Mestre Nô no Museu Afro-Digital da Memória Africana e Afro-Brasileira da UFBA

Parte do acervo da Memórias periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô está disponível no Museu Afro-Digital da Memória Africana e Afro-Brasileira da UFBA, no link abaixo:

https://museuafrodigital.ufba.br/mem%C3%B3ria-perif%C3%A9ricas-da-capoeira-angola-de-salvador-o-acervo-pessoal-de-mestre-n%C3%B4

museu ufba

Exposição Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô – Floripa

A Exposição Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô, possibilita conhecer a história da capoeira da periferia de Salvador a partir da década de 60. Uma parte deixada de lado e ainda por contar, inserida na necessidade de preservar, difundir e salvaguardar uma das suas memórias. O acervo contém um pouco dos registros que o Mestre fez durante sua vida dedicada à Capoeira Angola, dos aspectos filosóficos, aos fundamentos do jogo e da ética, aos toques de berimbau. Os registros mostram modos de ensino e a compreensão da capoeira como possibilidade de formação cultural para além dos limites da roda, uma formação para a vida. São relíquias de uma história. Com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Centro de Culturas Populares e Identitárias e Secretaria de Cultura da Bahia.

Exposição em Florianópolis:

De 25 à 30 de setembro no Casarão da Alfândega – Centro.

Visitação de terça à sábado das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00.

Abertura: Dia 25 de Setembro às 18:00 no Casarão da Alfândega – Centro.

Mostra do Documentário: Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô.

Palestra: O Acervo e a Capoeira Angola da Periferia de Salvador com Mestre Nô.

Texto: Desenho

Mais Informações: memoriasperifericasfloripa@gmail.com

APOIO: IPHAN SANTA CATARINA

cartaz-floripa

 

EXPOSIÇÃO MEMÓRIAS PERIFÉRICAS DA CAPOEIRA ANGOLA DE SALVADOR: O ACERVO PESSOAL DE MESTRE NÔ

20046291_154423051786012_3393914636252742840_n

A Exposição Memórias Periféricas da Capoeira Angola de Salvador: o acervo pessoal de Mestre Nô, possibilita conhecer a história da capoeira da periferia de Salvador a partir da década de 60. Uma parte deixada de lado e ainda por contar, inserida na necessidade de preservar, difundir e salvaguardar uma das suas memórias. O Acervo contém um pouco dos registros que o Mestre fez durante sua vida dedicada à Capoeira Angola, dos aspectos filosóficos, aos fundamentos do jogo e da ética, aos toques de berimbau. Os registros mostram modos de ensino e a compreensão da capoeira como possibilidade de formação cultural para além dos limites da roda, uma formação para a vida. São relíquias de uma história. Com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Centro de Culturas Populares e Identitárias e Secretaria de Cultura da Bahia.

Texto: Desenho. Arte: Rabisco.

Mais Informações: https://www.facebook.com/memoriasperifericas/

 

Notório Saber por Maruim

 

 

Norival Moreira de Oliveira, conhecido como Mestre Nô, recebeu, na noite de terça-feira (29/03), o primeiro título de Notório Saber no campo da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O Maruim acompanhou essa celebração pela capoeira e preparou uma reportagem resgatando a trajetória do Mestre e da consolidação desta arte na Ilha de Santa Catarina.

Confiram no vídeo um pouco do que rolou no Auditório da Reitoria.

Fonte: Maruim

Nego Bom de Pulo – Documentário

Uma história de amor à arte e à cultura e uma vida inteira dedicada à Capoeira. O documentário conta a história de Mestre Nô, um mestre baiano, hoje conhecido internacionalmente por sua tradição e seus fundamentos, que influenciou, de maneira direta, as primeiras gerações de capoeiristas em Florianópolis e contribuiu com a formação de uma identidade chamada de Capoeira da Ilha.
Texto e Direção de Kiko Knabben. 2015.
13321686_777031589100544_8647710704371861015_n